Saúde e Bem-estar

Quais alimentos devem ser evitados durante a gravidez?

Atualizado em: 16/10/23 | Nutrição funcional

Quais alimentos devem ser evitados durante a gravidez?

Está gestante? Então, você precisa saber quais alimentos devem ser evitados durante a gravidez. Isso porque, algumas substâncias nocivas, possivelmente presentes em determinados alimentos, podem prejudicar a saúde do bebê. E convenhamos, durante o desenvolvimento intrauterino não é possível correr riscos.

Neste artigo, mostramos o que deixar de fora da dieta na gestação. Explicamos, também, como se alimentar de forma saudável e de que maneira a nutrição funcional pode ajudar. Vale a pena conferir!

Quais alimentos devem ser evitados durante a gravidez?

A maioria dos alimentos é segura para gestantes. No entanto, alguns não devem ser ingeridos, devido aos riscos de contaminação. A seguir, conheça quais alimentos devem ser evitados durante a gravidez.

Carnes cruas

As carnes mal passadas, assim como os mariscos e frutos do mar crus, não devem ser consumidos por gestantes. Isso porque, existe o risco de contaminação por bactérias coliformes, salmonela e toxoplasmose. Já peixes crus e sushis podem ser consumidos, desde que se tenha a certeza da correta manipulação dos mesmos.

Peixes predadores

Alguns peixes, como atum branco (enlatado ou fresco), tubarão, peixe-espada, cavava, entre outros de grande porte, contêm altos níveis de mercúrio. Se ingeridos na gestação, podem levar a atrasos no desenvolvimento, cegueira e danos cerebrais.

Frios e salsichas

Os frios e as salsichas podem estar contaminados com bactéria listeria, que pode provocar aborto, parto prematuro e/ou doenças fatais. O melhor é evitá-los por completo, por conterem muitas substâncias artificiais!

Patês de carnes e frutos do mar defumados

Os patês de carnes e os frutos do mar defumados devem ser evitados. Isso porque, esses preparos contêm substâncias tóxicas.

Peixes expostos a poluentes

Deve-se evitar peixes provenientes de lagos, represas e rios contaminados por poluentes industriais. Em caso de dúvida sobre onde é possível pescar com segurança, consulte o departamento ambiental do seu município.

Ovos crus

Os ovos crus devem ser evitados devido ao risco de exposição à salmonela. Isso vale tanto para:

  • seu consumo imediato, prática comum entre atletas;
  • seu uso em receitas sem necessidade de cocção (como maioneses);
  • seu emprego em preparos mal passados (como ovos mexidos com claras mal cozidas).

Quer evitar complicações? Utilize ovos pasteurizados nas receitas que levam ovos crus.

Queijos macios

Alguns queijos, como brie, camembert, roquefort, feta, gorgonzola, queijo fresco e outros de textura macia, podem estar contaminados com listeria. Por isso, a menos que a embalagem informe que foram fabricados com leite pasteurizado, é melhor evitá-los.

Leites não pasteurizados

Assim como os queijos, os leites não pasteurizados podem conter listeria. Portanto, beba apenas leites pasteurizados.

Brotos crus

Os brotos crus, como alfafa, trevo, feijão-mungo, rabanete, entre outros, podem conter bactérias que não são eliminadas na higienização. Coma-os apenas bem cozidos ou, caso deseje, pode germiná-los em casa.

Chás não-herbais e café

Os chás não-herbais, como preto, verde, oolong (mistura dos anteriores), mate, tereré e chimarrão, contêm cafeína em excesso. A substância pode atravessar a placenta e afetar o bebê. Pelo mesmo motivo, deve-se evitar a ingestão de café durante a gestação ou limitá-la a duas xícaras rasas por dia.

Neste artigo, falamos sobre o consumo seguro de chás na gestação.

Como se alimentar de forma saudável na gestação?

Essa é uma fase de intensas transformações fisiológicas e adaptações metabólicas. É, também, a hora de reforçar as defesas do organismo e reservar energia para o parto e o puerpério.

Assim, a alimentação é o “combustível” desse momento. Cabe a ela, também, fazer com que o bebê nasça com o peso adequado — essencial para a sua boa saúde e correto desenvolvimento na primeira infância.

Portanto, para se alimentar de forma saudável na gestação é preciso adotar uma dieta balanceada e rica em nutrientes essenciais, tais como:

  • vitamina A;
  • vitamina D;
  • vitamina C;
  • vitamina B12;
  • cálcio;
  • ácido fólico;
  • ferro;
  • zinco;
  • magnésio
  • ômega 3.

Como a nutrição funcional pode ajudar?

A orientação de uma nutricionista ajuda a saber quais alimentos devem ser evitados durante a gravidez. Além disso, ela diagnostica as carências e os excessos nutricionais, corrigindo desequilíbrios e favorecendo a saúde da gestante e do bebê.

Ao mesmo tempo, prescreve as vitaminas e os suplementos necessários, com base nos quadros clínicos individuais. E, ainda, auxilia no ganho de peso adequado.

Agora que você sabe quais alimentos devem ser evitados durante a gravidez, se precisar de ajuda com sua dieta, procure nossa especialista em nutrição funcional. A nutricionista Juliana Strauch Frichler Rey atende no Espaço Binah e está sempre a postos para elaborar dietas balanceadas, nutritivas, práticas e saborosas!

Caso ainda exista alguma dúvida a respeito, entre em contato para que possamos ajudar. Estamos à sua disposição!

Nutricionista funcional do Espaço Binah CRN 10 3774

VEJA TAMBÉM

E-book: O guia da alimentação na gestação

Pensando nos “dilemas” nutricionais que mais afligem as grávidas, disponibilizamos um e-book prático e completo sobre o assunto. …
31 de janeiro, 2024

Chá na gravidez: qual é seguro para consumir?

Manter-se bem hidratada é uma das recomendações alimentares do pré-natal. Para variar a ingestão de água, muitas gestantes consideram…
31 de janeiro, 2024

Existem alimentos que ajudam na saúde íntima?

Sim! Existem alimentos que ajudam na saúde íntima feminina, atuando na prevenção de infecções, alívio de cólicas menstruais, entre outros…
29 de dezembro, 2023